Logo Centro de Vida Madre Clarice

Madre Paulina - Congragação das Irmãzinhas da Sagrada Conceição

Calendário dos Retiros Terapêuticos

Informações sobre o investimento

O que levar ?

Depoimentos

DE:Rogério

100 dias – Uma metamorfose!

Hoje, completo exatos cem dias de uma caminhada iniciada no primeiro dia de um retiro holístico realizado no CVMC – Centro de Vida Madre Clarice, em Igarapé, Minhas Gerais, onde fiquei por dez lindos dias aos cuidados da Irmã Graciema. Tenho dito aos mais próximos que existem dois momentos na tua vida. Antes de conhecer à Ir. Graciema e depois de conhece-la. É uma transformação, é um redirecionamento de vida, saúde, espiritualidade, atitude e novos credos. Uma mudança tão completa que denominei no título deste texto como metamorfose. Foi isto que optei, vivenciei, recomendo e sigo até o final deste ciclo, cem dias. O que leva um sujeito a esta busca, porque este caminho e que resultados hoje podem ser medidos? É o que pretendo relatar a seguir, de forma resumida, mas sem ocultar detalhes importantes. O depoimento é para servir de inspiração e referência e não para comemoração, apesar que internamente não tenho como suprir tal efeito frente a conquista realizada. Tudo começou após o período de carnaval deste ano e retorno de umas férias de quinze dias. Posso afirmar que voltei de férias pior do que sai. Cansado, estressado, um período de exagero alimentar, bebida e festas. Sim, muita comemoração e prazeres que até então eram a referência. Obviamente ao retornar a rotina, o corpo, mente e espírito começaram a cobrar a conta, e não era pouca a dívida que acumulei desde o período festivo do final de 2015 até o tal encerramento das férias. Todos que me são próximos ou que em algum momento já leu um texto meu, sabem que luto há mais de quarenta anos com peso e qualidade de vida. Então o que de fato fui buscar? Redução de peso, qualidade de vida, mais saúde, mais vitalidade, melhor performance física, isto que já vinha sendo atleta amador de corridas de rua, fazendo provas de 10k há mais de 16 meses. Havia até participado da Corrida São Silvestre, em São Paulo, uma prova de 15k, a maior até então feita. Já tinha ouvido falar e muito bem do CVMC, alguns relatos ouvidos me soaram como folclore, outros praticamente inacreditáveis, muitos surpreendentes e curiosos, mas todos os relatores foram unânimes em afirmar que suas vidas melhoraram e que um dia retornarão para mais um retiro (alguns até já retornaram). Já havia pensado em fazer este retiro há cerca de um ano, mas me faltava coragem de encarar. Para um sujeito como eu era e pensava, não havia lógica de pagar um preço alto (aqui me refiro à valor monetário e determinação) para ficar dez dias num lugar, praticamente sem comida. Sim porque numa cabeça de gordo, a conta sempre é transformada em comida. Comida é a moeda comparativa dos prazeres, a moeda de negociação, o que mais importa, o sentido da vida. Assim, me vendo num colapso psicológico e físico tomei a decisão de ir e comecei o retiro no dia 01 de março. Como já escrevi, é um período de dez dias, como muita espiritualidade, terapias holísticas e orientações medicinais milenares, voltado inteiramente a uma nova filosofia de vida. Não pretendo relatar aqui detalhes do retiro, posso e tenho prazer de fazê-lo de forma verbal e almoço com todos que quiserem saber um pouco mais disto. Seria fácil escrever vários parágrafos de relatos, mas a satisfação de passar estas informações com o brilho nos meus olhos, faz com que eu dificulte as coisas para você que me lê e sente interesse pelo assunto. Não há – de fato – segredos, todas as terapias, serviços e cuidados estão no site do CVMC. O que ofereço é o relato de quem vivenciou o tratamento, a experiência e não o conteúdo em si. O que quero depor aqui por escrito é a metamorfose que eu passei. Tudo que fui buscar, eu obtive com ganhos inimagináveis, que é, por exemplo, uma nova relação com a comida, conhecimentos medicinais milenares e eficientes, novo estilo de vida, satisfação pessoal e um enorme prazer não compreendido por quem me é próximo, assim como eu não compreendia quando ouvia os relatos de quem passou por este tratamento. É um verdadeiro milagre. Não comer mais carne (com exceção de peixes e frutos do mar), não comer mais produtos industrializados, dando total preferência a orgânicos, não comer mais habitualmente lacticínios, alimentos de origem do trigo, soja e milho, não beber mais café, refrigerantes, álcool (aqui também coloco o vinho em doses bem mais moderadas como minha exceção), não comer doces, sorvetes, chocolate, frituras, alimentos preparados em micro ondas, enfim uma série de novas práticas alimentares, é o menor dos ganhos que eu tive. Estas mudanças me deram uma enorme redução de peso, ao mesmo tempo aumento de vitalidade e muito, mas muito mais energia. O que reputo como mais relevante é o fato de meditar diariamente, acalmar minha alma, finalmente aprender que se come para viver e não o contrário como eu praticava e defendia galhardamente, não ter mais pressão alta e simplesmente não tomar mais nenhum medicamento, ter uma vida mais equilibrada, calma mas com uma enorme energia, praticar minhas corridas de rua de forma mais solta, prazerosa, sem lesões, trabalhar com mais tesão, me relacionar melhor com os outros e estar de bem comigo mesmo, são os resultados conquistados. De forma mais objetiva, diria que diminuir de tamanho, passando de XXG / GG para o G com relativa folga e emagrecer 19.500 kg em noventa dias, com acompanhamento médico e nutricional (ou seja totalmente saudável), chegar num patamar de peso abaixo dos noventa quilos, coisa que não conseguia há mais de vinte e três anos, são os dados numéricos e concretos dos ganhos subjetivos que relacionei acima. E o melhor disto, sem sofrimento, sem culpa, sem estar me sentindo numa prisão, condenado ou rotulado como um cara com problemas. Sim, cheguei nisto – acreditem – de forma prazerosa. A vida é muito mais que uma barra de chocolate, um copo de refrigerante, ou salgadinho de lanche ou uma costela assada. Nunca me imaginei dizendo isto, mas como escrevi, passei por uma metamorfose e estou muito bem. Eu já achei Pierre Dukan um gênio. Hoje, acho que o gênio na verdade se chama Irmã Graciema, uma luz na terra a serviço da saúde e trabalho para a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, Fundada por Madre Paulina. Queres mudar de vida? Queres melhorar? Me convide para almoçar, preferencialmente num restaurante vegano ou vegetariano.

DE:Marilza Ribeiro

Ao e principalmente Centro de Vida Madre Clarice

Lugar de recuperação da paz interior, da identidade, da essência divina que existe dentro de nós!

Agradecimento a toda equipe e a Ir. Graciema.

Marilza Mais Grata!

DE:Vera Lucia Colino

Foi milagre de Santa paulina eu ter chegado ao CVMC,através da abertura de caminho do Pde Mauricio Luchini a quem agradeço profundamente!!!Grupo 240.Meu grupo coeso apesar de tão heterogêneo,todos juntos na hora do jejum,da meditação,da caminhada,das orações,nas horas boas e nas amargas(Sal amargo).No meu quarto dia aí ,já não tinha mais as dores físicas,a gastrite e a esofagite aguda tinham sumido.Sinceramente, nasci novamente!!!Tenho um longo percurso pela frente,menos de 90 dias(faz 6 dias q voltei pra casa),mas eu sei que vou conseguir com minha determinação e coragem pra seguir adiante.Penso que todas as pessoas deveriam se dar este presente uma vez ao ano.Minha gratidão a toda equipe de trabalho deste santuário de cura.Paz e saúde a todos com as bençãos de Deus.Vera Vida Verdadeira

DE:Liane Moraes de Camargo

TODOS PRECISAM SABER!!!!

“Fui por DEUS conduzida…ao lugar exato…renascí, reafirmei a Fé e obtive a GRAÇA.”

* Após um ano em que estive aí, pela primeira vez dou notícias.
Serei breve-

Todos os resultados de exames que fecham um ciclo de tratamento de um CA deram inconclusivos.Ou seja, tudo que se______ comprovou inicialmente_____ atráves de todo tipo de exames ,biópsias,punções,etc….não conseguiram comprovar mais.

As análises finais, desdizem as INICIAIS.

IRMÃ GRACIEMA- O milagre aconteceu!!!!Nào tenho palavras para expressar.OBRIGADA!!! Hoje estou em plena comunhão com DEUS. Em breve retornarei.

DE:Mariléia Aparecida Gonçalves Aragão - Mestra Alegre -- Grupo 234

Iniciarei meu depoimento utilizando as sábias palavras deste Anjo de Luz e Sabedoria que a nossa querida Irmã Graciema quando afirma com certeza que “Maria vai na casa de cada um que necessita do CVMC e o encaminha para os grupo certo na hora certa”. Eu sou a prova disso. Há 4 anos atrás, vivi minha 1ª experiência neste paraíso de reencontro consigo mesma, lá o que importa é só você é o seu “EU” em primeiro lugar e essa valorização inicia no memento que “Maria” toca seu coração e fala: “Vai filha, cuide de você”. Ai é o tempo de arrumar as malas e mergulhar neste tratamento de amor, onde se cura seu físico,sua mente, suas emoções,suas mazelas, em fim temos a oportunidade de renascer,mas de forma diferente onde podemos rescrever nossa história apagando tudo que nos fez e faz mal. Nasce dentro de nós uma segurança tão grande que as vezes até nos assusta.Quando estive na CVMC pela 1ª vez estava bem extrssada, cansada de tudo, sem paciência com familia, momentos de decisões que iriam mudar minha vida, chorando á toa, com medo de tudo. Tudo para mim era perigoso. Enfrentei marido deixei filhos em casa que dependiam de mim com a certeza de que para cuidar deles eu precisava estar bem.Foram 10 dias de cura e descobertas. Prometi amim mesma que não ficaria muito tempo sem passar por ali.O tempo passou coloquei em prática muitas coisas que ali aprendi até que “Maria” me chamou novamente. Dia 21/06 eu completo orgulhosa os meus 90 dias da 2º oportunidade que “Maria nossa mãe celestial” me deu de estar novamente no CVMC. Mais uma vez valeu a pena deixar de lado a família e cuidar de mim. Fiquei preocupada quando Ir. Graciema falou da camada de estres que se encontrava em minha íris direita que eu nem imaginava. Estava sentindo um certo cansaço mas imaginava que era devido a varição hormonal por causa da menopausa que consequentemente retardou todo meu metabolismo. Bom resumindo eu estava era pior do que eu pensava. “Maria” me levou na hora certa.Durante os 10 dias fiz tudo que precisava com coragem e determinação. Tive a oportunidade através da respiração rever meu nascimento e vencer os traumas do mesmo sendo capaz de mudá-lo e renascer sem traumas e muito…muito feliz. Um Fato importante é que eu não aceitava meu segundo nome “Aparecida” e em um desses momentos de respiração tive a graça de visualizar minha avó já falecida, orando e pedindo a “Mãe Aparecida” para salvar a minha vida depois de um parto complicado onde eu havia perdido muito sangue. Isso foi marcante para mim e me orgulho muito de ter “Aparecida” como segundo nome.Ao retornar para casa continuei o processo de alimentação minha atividades físicas (malhando até de jejum coma força de rambo)com mudanças visíveis aos olhos de quem convive comigo.Mas a alegria maior aconteceu nesta terça-feira dia 03/06 dia importante para mim pois meu filho primogênito completou 19 ano, convenci meu sogro de iniciar o grupo 236 e ao ser examinada pela Ir. Graciema após os 90 dias, estou curada, feliz de bem com meu “EU INTERIOR” renovado e seguro e toda iluminada aos “Olho de Maria”. Em fim quero agradecer a Deus por existir esta comunidade de irmãs do CVMC que cuida de nós com tanto carinho e dedicação, sempre nós guiado para o caminho e a consciência de ter uma vida saudável.Obrigada á todos que fazem parte desta comunidade de Fé e Cura do CVMC que Deus ás abençoe! Agora farei um apelo, aqueles que não conhece este paraíso de despertar para uma nova vida, venham conhecer o CVMC, aceite o convite de “Maria”
Mariléia Aparecida – Mestra Alegre – Grupo 234/março de 2014

DE:Tricia Correia

Deus me mostrou a luz e não muito distante daí. Em meio as montanhas a 40 minutos de Belo Horizonte existe um Santuário de amor e cura chamado Centro de Vida Madre Clarice. Látodas as pessoas são iguais, filhos do amor de Deus e merecedores da cura (incluindo reitores, religiosas, padres,bispos e leigos como eu que não aceitam ficar e viver doentes).
A partir do Carisma de Santa Madre Paulina, fundadora daCongregacao das Irmazinhas da Imaculada Conceicao, as pessoas trabalham todo seu SER (físico, psíquico, espiritual e energético). Nesse local tão especial, de pessoas tão especiais, a sabedoria milenar salva pessoas estressadas, obesas, deprimidas e /ou pessoas que simplesmente desejam melhorar sua qualidade de vida, sua auto estima, sua força espiritual e física. IrGraciema é a precursora desse milagroso trabalho e nas mãos delas muitas pessoas já foram curadas de depressão, câncer,paralisias e entre outros males. Sei que ate um aidético Deus prolongou sua vida aos cuidados dela.
Eu não poderia deixar de partilhar. Lá me libertei de medos e traumas. Aprendi que Deus é amor e nascemos para viver e ser feliz. Meu filho de 11 anos aprendeu a se alimentar correto, a respeitar a natureza e a sabedoria dos mais velhos. Meu pai (62 anos) se curou de uma triste suspeita de Alzeimer a partir de uma desintoxicação e recuperou o equilíbrio e a alegria de viver. Obrigada a Deus, a Nossa Senhora por me colocar no
Seu Manto e a todas as religiosas, terapeutas e profissionais que cuidam de cada um como
Uma Pérola Preciosa.
Minha imensa gratidão.

DE:Centro de Vida Madre Clarice

Chegando ao fim de meus 90 dias……

Eu queria dizer que tenho vivido 100 dias de transformação interior que valeram UMA VIDA.

Eu gostaria agradecer muito porque o CVMC me acolheu para viver esta experiência.

No princípio, eu pensei que havia escolhido o CVMC…mas…na verdade…o Centro nos escolhe…nos acolhe…nos envolve…nos coloca no manto de Nossa Senhora…nos conecta com a natureza…nos faz alcançar o ponto mais alto do horizonte…o mais profundo de nós mesmos…nos faz respirar…nos ensina a ouvir o corpo….enfim…o CVMC me fez RENASCER.

Quando eu vim embora de Igarapé, havia em mim uma euforia de tanta coisa que vivi, tanta coisa que deixei.

Depois…. eu passei por um desconforto em não me reconhecer mais e não ser mais reconhecida…afinal… perguntava a mim mesma: quem é este novo ser?…ou melhor…onde eu estava???? Perdida dentro de mim???

Parece que há um “retorno gradativo” ao mundo real… a experiência em Igarapé foi muito profunda em mim…muito mesmo.

Eu experimento uma PAZ que nunca vivi!!!!!

Irmã, tudo que aprendi com voces tem me ajudado muito…eu nunca havia respirado…nunca tive tempo, pois apenas tentava ‘sobreviver’…..sobreviver a uma historia nao tao bela…mas que e o meu misterio…e isso e importante para superar as limitacoes e traumas…RESPIRAR…ACEITAR O MISTERIO…SABER QUE POSSO VIVER!!!!

Eu queria dizer tambem que ha coisas que nao saem da minha memoria….’Ilumina, Senhor, a raiz do sentimento despertado por este pensamento / acontecimento’…..A MONTANHA (nao ha como descrever esta experiencia)…a meditacao (me ajuda muito)…o barro (um abraco de Deus que cuida de mim)…

A maior transformacao foi aprender a ser humilde e aceitar ser cuidada…eu…como tipo 1…sempre queria ter controle de tudo…ate da cura…rsrsrs

Poderia ficar aqui o dia inteiro escrevendo!!!!!

Ir. Graciema, eu não sou mais a mesma pessoa.

Não há como viver todas estas experiências e viver aqui fora do mesmo jeito…..seria como atirar uma “pérola” ao lixo!!!!

Há uma notável divisão em meu interior depois de ter vivido estes dez dias aí dentro e estes 90 dias aqui fora.

Tenha certeza de que Deus me proporcionou uma RESTAURACAO…. e, como esta escrito na nossa fichinha de entrada, Deus fez comigo `UM RESGATE DE VIDA`!!!!!!!!!!!!!!!!!

Lembro de uma mensagem que nos acordava que dizia assim…`A Paz se faz pela presenca do SENHOR`.

Muito obrigada por me ajudar a entrar na Presenca do Senhor e encontrar a PAZ que eu tanto buscava.

Receba meus sinceros agradecimentos, incluindo agradecimento as Irmãs e a equipe de trabalho.

Que Deus nos guarde e nos ajude a seguir sempre o caminho da ESTRELA!!!!

Um abraco.

Janiara Palaio

DE:Eva Rodrigues Silva – grupo 214

Era uma vez uma criatura divina, entalhada por Deus na mais fina madeira. Vivia ela feliz e em comunhão com Deus e todas as outras criaturas, em um planeta belo, admirável, equilibrado e gentil. Mas veja só que desilusão! Uma criatura cansou-se das outras e de tudo o que o Senhor Deus tinha criado, e nesta perturbação veio a angústia, a tristeza e a depressão que com suas raízes fortes invadiam corpo e alma. De que valia a vida sem nenhuma motivação? Ai aparecia uma imagem que também parecia tão forte… era a morte… mas que devaneio é este? Como pode isso ser? Criatura divina não se cansa de viver.
Desse modo passa o tempo e as perturbações aumentando, o jeito é intoxicar para manter controlável, ou poder controlar. Mas isso não pode ser… Bicho de Deus é livre, não se pode aprisionar. De repente vim aqui cair, tranqüila nas mãos de Irmãs amáveis e profissionais atentos à presença de Deus. Assim o bicho homem, criatura de madeira novamente é entalhada e se liberta do mal e se aconchega de mansinho nos braços de Maria e ali bem perto um menino, pai, irmão observava feliz, era nosso Pai querido que no Centro de Vida Madre Clarice refez um milagre em mim.
Eva Rodrigues Silva – grupo 214

DE:Luis Carlos Casavechia – Grupo 219

Depois de muito resistir consegui chegar a casa de retiro, trazendo dentro de minha bagagem todos os meus pertences, só que num canto da mala cerca de 100 comprimidos de remédios contínuos, não sabendo o que se tratava, pois para a minha surpresa não usei nenhum deles. (Depressão, humor, colesterol, insônia…). Só estou levando de volta estes comprimidos para mostrar minha família que sobreviverei com mais qualidade, tudo vai para patente e vasos fazer renascer um pai que chegou a este retiro de cabeça baixa, desconfiado de tudo, inseguro e saindo de cabeça erguida, esperançoso, mais alegre, mais cheio de vida. Vou fazer diferença, poder abraçar meus filhos, minha esposa e neto que é a minha grande fonte inspiradora de viver. Cheguei praticamente sem sentido de vida, mas saio um homem pronto, seguro e com os pés no chão daquilo que sou capaz e vou fazer. Ao todo são mais de 300 comprimidos por mês de veneno que estou tirando do meu corpo, voltando a ter saúde e força.
Observação: Não tenha medo de nada que vier a enfrentar na sua vida, venha ao Centro de Vida Madre Clarice, aqui é apenas o último estágio para você renascer para a vida, eu recomendo.
Luis Carlos Casavechia – Grupo 219

DE:Pe. Arlir Rodrigues Bezerra – Grupo 219

A curiosidade nos leva ao longe… Conhecer o Centro de Vida Madre Clarice foi uma decisão dura, relutante, mas possível. Nesse pequeno relato quero dizer o quanto estava angustiado, ativista, triste e sem esperança nesses últimos meses. Ao ponto mesmo de expressar: se a vida não mudar vou fazer uma outra opção. Dá tempo ao tempo, ou seja, deixar de exercer meu ministério por alguns anos. Para mim a pior coisa é fingir que estou bem, que faço tudo de maneira transparente. Enquanto por dentro de mim há uma tristeza profunda, inexplicável, um cansaço físico e espiritual. Sem falsa modéstia, esses dez dias no CVMC me fez renascer. Reencontrei um sentido novo à minha vida interior e exterior. Digo, a grande descoberta foi reconhecer meus limites e saber a origem de alguns traumas que trazia comigo até hoje. Quero externar a todos o agradecimento pelo sofrimento, angústia e indecisões que me fizeram buscar um sentido novo após essa terapia holística. Hoje volto para casa, para a missão e para a vida com um olhar de SERENIDADE interior. Muito obrigado a toda equipe do Centro de Vida Madre Clarice. Que Deus os abençoe!
Portanto, se você meu irmão, minha irmã está passando por uma experiência semelhante, venha conhecer o Centro de Vida Madre Clarice. Jamais deixe para amanhã, o que você pode fazer agora e já.
Pe. Arlir Rodrigues Bezerra – Grupo 219

Deixe o seu depoimento!